aPostador Casual

terça-feira, agosto 25, 2009

Férias - Vá para fora cá dentro

Estive de férias na região centro do país, numa localidade onde a banda larga existe só na publicidade da TMN porque as baixas velocidades de transmissão na net e as constantes quebras de sinal tornaram o uso do blog uma "chatice" e em férias chatices é coisa que se quer ver ao longe, pelo que só agora passo por aqui com mais uma "aposta".

O visitante 1000 foi um perfeito desconhecido, pelo que o brinde virtual com um excelente Porto fica desconhecidamente feito.
Para todos os que por aqui têm passado espero continuar a merecer o vosso interesse e gostaria de ter algum feedback, por isso peço que deixem os vossos comentários, sugestões ou um simples "olá" na caixa de comentários de cada post.
.
As imagens que acompanham este post são do rio Ceira em dois locais de sonho.

À esquerda uma foto da praia fluvial de Canaveias - Vila Nova do Ceira, mais propriamente no lugar de Varzea Pequena, praia com os equipamentos necessários e vigiada, que nas suas margens tem relva, sombras, sitios próprios para picnic e fazer grelhados, em resumo um óptimo local para um dia bem passado e demolhado.

A foto da direita é do lugar da Cabreira no concelho de Góis, por onde passa também o ria Ceira.

É um local não vigiado mas de uma beleza enorme, encaixado num profundo vale entre encostas muito inclinadas, onde existem vários pequenos açudes de água para que se possa tomar banho em segurança, alguns são pouco profundos para que as crianças estejam à vontade, existindo ainda duas azenhas no rio construidas em xisto, cujos moinhos ainda trabalham, acompanhadas de umas pequenas construções em xisto cuja finalidade imagino ser para guardar os cereais por moer ou já moidos.

Esta maravilha fica a poucos quilometros de Góis em direcção ao Cumeal e vale a pena a visita, para o ano garanto que vou lá outra vez.

Escolhi para fundo musical deste post o tema "Summertime" em 4 interpretações diferentes e fenomenais de outros tantos diferentes "monstros" da música:

Keith Jarret, Ella Fitzgerald, Jill Scott e George Benson, Janis Joplin.


Acompanhamento musical: "Summertime" em 4 interpretações

Etiquetas: ,

3 Comentários:

  • Olá Carlos.
    Gostei de ver estas fotos, assim como as que colocaste a seguir.
    Também andei pelo centro do país, durante uma semana, nas minhas férias de Verão, e também gostei muito de quase tudo o que vi e visitei.
    Um dos locais onde passei umas boas horas foi na zona do castelo da Lousã. Aí, andei a calcorrear o fundo dum vale, estreito, por onde corre, mansamente, o rio Arouce, atravessando-o, aqui e ali, aos saltos por cima dos calhaus, num cenário lindo, com uma vegetação exuberante. Até a Rosa se aventurou um pouco. Eu, mais parecia um jovem da idade do Diogo...
    Depois, fui deliciar-me no premiado restaurante "O Burgo", sobranceiro à praia fluvial existente naquele lugar e que, juntamente com a capela de Nossa Senhora da Piedade, constitui como que um pequeno complexo histórico-turístico-religioso.
    Curiosamente, também passei por Góis, cinco dias mais tarde, mas sem parar. Deu para perceber que também deve ser um local muito interessante para visitar.
    Realmente, o nosso país está cheio de recantos maravilhosos.
    Um grande abraço.

    Por Blogger Casp, Às quinta-feira, setembro 03, 2009 7:24:00 da tarde  

  • Caro Casp, é um prazer "ver-te" por este espaço virtual.

    A região centro é rica em paisagem natural, verde e aguada o suficiente para encontrarmos recanto de deixar de boca aberta, tão diferentes das paisagens urbanas do nosso dia-a-dia.
    E é por isso que não me farto de visitar todos os anos a Beira, há sempre algo de novo para ver e admirar, mesmo as praias fluviais tem diferentes encantos em diferentes anos.
    Um abraço familiar para os 3.

    Por Blogger Carlos C, Às quinta-feira, setembro 03, 2009 11:39:00 da tarde  

  • Obrigado pelas fotos que só hoje vi.
    Faz-me impressão saber que há pessoas que pagam centenas de euros para ir para Cancun ou Varadero e desconhecem os milhentos e maravilhosos recantos de Portugal. [ Pois se ele até há gente que nunca viu o claustro do Varatojo e mora em Torres Vedras há trinta ou quarenta anos... ].

    Abraço, amigo Carlos!

    Por Blogger Méon,, Às segunda-feira, setembro 07, 2009 7:52:00 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]



<< Página inicial